Gracinha Caiado dá posse a 669 policiais militares

Primeira-dama Gracinha Caiado representa o governador na solenidade de formatura dos novos PMs: “Com a vitória de vocês quem ganha é toda a sociedade”

Da Redação
16/03/2024 - 06:03
  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Linkedin
  • Compartilhe no Telegram
  • Compartilhe no WhatsApp

Gracinha Caiado dá posse a 669 policiais militares

A Segurança Pública de Goiás terá o reforço de mais 669 novos policiais militares, que concluíram o Curso de Formação de Praças (CFP) da Polícia Militar nesta quinta-feira (14/03).

“Goiás é um verdadeiro oásis no Brasil. Hoje, o cidadão tem qualidade de vida e liberdade de ir e vir”, enalteceu a coordenadora do Goiás Social, primeira-dama Gracinha Caiado, que representou o governador Ronaldo Caiado na solenidade de formatura, em Goiânia.

“A bandidagem não para. Não será fácil, mas é muito importante dizer que, aqui em Goiás, quem vence essa guerra todos os dias são vocês. Com a vitória de vocês quem ganha é toda a sociedade”, ressaltou Gracinha, ao enaltecer o esforço dos formandos do curso destinado aos policiais aprovados no concurso público realizado em 2022.

“Tenham a certeza do respaldo e todo apoio para que possam exercer o papel de combate à criminalidade e de proteção das famílias goianas em todos os quadrantes desse estado”, sublinhou.

Segurança Pública ganha reforço de 669 novos policiais militares
Novos policiais militares serão empregados em todo o estado e atuarão nos mais diversos serviços e unidades (Fotos: (Fotos: Hegon Correa e Adalberto Silva)

Os alunos do curso foram habilitados para, a partir de hoje, executar atividades de policiamento ostensivo e de manutenção da ordem.

“Fazer parte dos quadros da PMGO é um exercício diário de responsabilidade, integridade e compromisso com Goiás. É por isso que são vocês que estão aqui hoje, estão qualificados para essa missão”, salientou o vice-governador Daniel Vilela, que enfatizou os deveres do grupo que chega ao efetivo policial goiano.

“O crime avançava e as nossas forças de segurança estavam desmotivadas. O governador Ronaldo Caiado mudou essa realidade”, lembrou.

SACERDÓCIO

Com o término do CFP, os novos policiais militares serão empregados em todo o estado e atuarão nos mais diversos serviços e unidades.

“Os formandos não entraram numa instituição para ter uma profissão. Todos têm verdadeiramente um sacerdócio. Não serão meros cumpridores de obrigações, mas terão comprometimento com todo o povo do estado de Goiás”, frisou o comandante-geral da PMGO, André Avelar.

O curso foi ministrado nas dependências do Comando da Academia de Polícia Militar, em Goiânia, com a duração de 1.693 horas-aula para os 656 praças combatentes e 1.793 horas-aula para os 13 praças músicos.

“Foi proporcionado o melhor tipo de instrução possível. Não economizaram em efetivo, colocaram pessoas especializadas, usamos os melhores equipamentos”, afirmou o concluinte, soldado Carlos Alberto de Oliveira Sobrinho.

ENTRE AS MAIS BEM AVALIADAS DO PAÍS

Segurança Pública do Estado de Goiás tem hoje uma das melhores avaliações do país diante da redução drástica da criminalidade.

Segundo dados do Observatório de Segurança Pública, houve queda de 51,5% no índice de homicídio doloso de 2018 a 2023.

No crime de latrocínio, a redução foi de 88,5% e os casos de lesão corporal seguida de morte caíram 66%, no mesmo período. No último ano, 93 municípios goianos não registraram homicídio.

Fotos: Hegon Correa e Adalberto Silva