Acusado de latrocínio é preso em Goiânia

0
353

João Paulo Ferreira possui diversas passagens pela polícia; Latrocínio foi cometido contra um representante comercial, de 61 anos, em agosto de 2016

A Polícia Civil, por meio do Grupo de Repressão a Roubos (Garra), da Delegacia Estadual de Investigação Criminal (Deic), prendeu João Paulo Ferreira dos Santos, 20 anos, suspeito de participação no latrocínio de Antônio Barbosa Nogueira, 61, em agosto do ano passado, no Jardim América, em Goiânia. Ele foi detido na casa dos pais, também na capital, depois de seis meses foragido no Mato Grosso.

João Paulo confessou envolvimento no crime, mas afirmou que os disparos foram efetuados por outro homem, conhecido como Rony, que teria morrido poucos dias após o assassinato. “São informações que ainda vamos precisar confirmar”, afirmou a delegada Mayana Rezende.

A vítima estava dentro de um carro estacionado em uma rua de pouco movimento. O suspeito afirmou que Antônio teria se assustado com a abordagem e tentado reagir ao assalto, mas acabou atingido por três disparos. A dupla teria desistido do assalto e fugiu.

De acordo com a delegada, familiares da vítima informaram que, antes de morrer, negou reação ao assalto. “Agora, vamos apurar se esse segundo suspeito está realimente morto”, explicou Mayana Rezende. João Paulo possui diversas passagens pela polícia. Quase sempre agia com violência contra suas vítimas. Agora, vai responder por latrocínio qualificado.