Após demitir ministro do MEC e presidente da Petrobrás, Bolsonaro passa mal e é levado ao Hospital das Forças Armadas, em Brasília

Da Redação
28/03/2022 - 23:04
  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Linkedin
  • Compartilhe no Telegram
  • Compartilhe no WhatsApp

Após demitir ministro do MEC e presidente da Petrobrás, Bolsonaro passa mal e é levado ao Hospital das Forças Armadas, em Brasília

O presidente Jair Bolsonaro (PL) deu entrada no Hospital das Forças Armadas (HFA) na noite desta segunda-feira (28). O episódio aconteceu depois que o chefe do Executivo demitiu o presidente da Petrobras, Joaquim Silva e Luna, e o ministro da Educação, Milton Ribeiro.

Inicialmente, o governante foi atendido por médicos da equipe presidencial, mas foi levado logo em seguida para o hospital a fim de realizar exames por causa de um desconforto, segundo informações do ministro das Comunicações, Fabio Faria. Ele estava se preparando para participar de um evento do partido Republicanos, que serviu para filiar Tarcísio de Freitas e Damares Alves.

“Primeira-dama Michelle, receba os nossos cumprimentos, as nossas orações. Tenho certeza que o presidente está bem. São apenas uns exames que ele está fazendo, por isso não está presente aqui”, declarou Marcos Pereira, presidente da sigla.

No mês de janeiro, ele já havia sido internado por causa de suspeita de uma obstrução intestinal, em decorrência de um camarão não mastigado enquanto tirava férias em Santa Catarina.