Assistência Social de Aparecida amplia Baile da 3ª Idade para mais um dia

Centro de Cultura e Lazer José Barroso, reuniu centenas de idosos na quarta-feira

Da Redação
22/02/2024 - 13:50
  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Linkedin
  • Compartilhe no Telegram
  • Compartilhe no WhatsApp

Assistência Social de Aparecida amplia Baile da 3ª Idade para mais um dia

A Prefeitura de Aparecida de Goiânia, por meio da Secretaria de Assistência Social, ampliou o Baile da Terceira Idade para mais um dia. O evento, realizado no Centro de Convivência e Fortalecimento de Vínculos Idade do Saber, no Jardim Florença, e no Centro de Cultura e Lazer José Barroso, reuniu centenas de idosos na quarta-feira, 21, na reestreia do projeto no local.

Embora sempre tenha sido realizado nos dois locais, o Baile da Terceira Idade estava suspenso no Centro de Cultura e Lazer José Barroso desde o início da pandemia da Covid-19. Agora, o forró foi retomado nas terças-feiras, das 14h às 17h, neste espaço, que recebe até 300 idosos.

No Centro de Convivência e Fortalecimento de Vínculos Idade do Saber, o Baile ocorre às quartas-feiras, no mesmo horário, para mais de 160 idosos. “O objetivo do projeto é trazer alegria para nossos idosos. Eles ficam ansiosos desde o fim de semana, esperando pelos dias de forró. É muito gratificante vê-los socializando e tendo momentos de lazer”, destacou a primeira-dama e secretária de Assistência Social, Sulnara Santana.

Marli Cândida da Silva Soares, 66 anos, moradora do Jardim Nova Era, comentou sua paixão pela dança e o impacto positivo do evento em sua vida. “Eu participo porque amo dançar. Essa atividade funcionou há alguns anos, depois parou aqui nesse espaço, mas estou muito feliz que voltou. Aqui encontro amigos e sempre venho participar do forró, que me traz mais alegria e sempre me deixa alto-astral, fazendo bem para a mente, corpo e coração.”

Geraldo Barreto, 67 anos, morador de Vila Brasília, também destacou a importância da busca pela saúde mental e física na terceira idade. “Ah, eu sou apaixonado pela dança. Cada um tem um hobby na vida, e o meu é esse. Quando chegamos nessa fase da vida, temos que procurar mexer o corpo de alguma forma, procurar relaxar, e o Baile ajuda muito”.

Oficinas

Além do Baile, a Prefeitura oferece outras atividades de integração para os idosos, incluindo oficinas de artesanato, como crochê, pintura e outras modalidades. Esses serviços são realizados nos dois centros de convivência de idosos da cidade, onde também são oferecidas rodas de conversa, palestras sobre direitos dos idosos, atendimento médico geriátrico, ginástica e outros serviços.

As inscrições para participar desses grupos de convivência podem ser feitas pessoalmente no Centro de Referência e Assistência Social (Cras) mais próximo. A secretária Sulnara Santana convida todos os idosos interessados a fazerem parte desse espaço de convivência, que oferece uma programação completa para quem deseja participar.