Câmara celebra Dia da Consciência Negra com Sessão Solene

A advogada Denise Teles Cardoso, primeira a discursar, destacou a urgência da militância antirracista no Brasi

Da Redação
22/11/2023 - 08:24
  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Linkedin
  • Compartilhe no Telegram
  • Compartilhe no WhatsApp

Câmara celebra Dia da Consciência Negra com Sessão Solene

Na tarde de ontem, a Câmara de Aparecida de Goiânia prestou homenagem ao Dia Nacional da Consciência Negra, comemorado em 20 de novembro, através de uma Sessão Solene promovida pelo vereador Fábio Ideal, onde se reuniram importantes vozes da comunidade para discutir e celebrar a cultura e a história afro-brasileira.

A advogada Denise Teles Cardoso, primeira a discursar, destacou a urgência da militância antirracista no Brasil. Ela enfatizou a necessidade de combater a persistente desigualdade racial e desafiar a noção de que espaços de poder não são para negros.

O pesquisador e filósofo José Eduardo, por sua vez, falou sobre a significância histórica do 20 de Novembro. Ele relembrou a resistência histórica dos negros, esclarecendo que a data não é uma lembrança da escravidão, mas sim uma celebração do poder cultural e das potências dos negros. José Eduardo também mencionou a violência policial e atos de racismo que ainda ocorrem, reiterando que a resistência negra é um ato diário.

O vereador Fábio Ideal, autor da sessão, encerrou as falas destacando a importância do momento para o reconhecimento e a ação efetiva no combate ao racismo. Ele enfatizou a necessidade de refletir sobre o passado para construir um futuro mais justo.

Antes de encerrar a sessão, a Câmara Municipal de Aparecida de Goiânia entregou certificados de reconhecimento aos convidados, um gesto simbólico, mas significativo, de apreciação e apoio à luta antirracista.