Concurso da Polícia Civil-SP para o Ensino Médio e Superior: Salários de até R$ 10.079,28

1
245

O concurso

De acordo com informações do site JC concursos, o orçamento de 2016 para o governo de São Paulo confirmou R$ 30,5 milhões para convocar os aprovados nos concursos anteriores e realizar o novo concurso com a abertura de 3176 vagas.

A questão financeira era o principal problema que impedia o concurso anteriormente. Entretanto, este problema está solucionado. Por isso, existe a grande expectativa de que a Polícia Civil anuncie a criação do novo concurso neste ano, o mais rápido possível. Afinal, investir em segurança é fundamental para a sociedade.

INSCRIÇÕES À SEREM ABERTAS

As informações relacionadas a distribuição de vagas, período de inscrição, taxas, entre outros assuntos estarão disponíveis no edital. Contudo, o concurso da polícia civil está sendo criado, por isso, é necessário esperar e ficar atento as novas informações.

Esta notícia é muito importante para que os candidatos comecem a estudar o mais rápido possível. Afinal, com o orçamento está definido e a necessidade de contratação de novos policias, é grande a expectativa de que o concurso seja divulgado oficialmente o mais rápido possível. Além disso, este é um dos melhores concursos do ano, com milhares de vagas e altos salários. Por isso, compartilhe a notícia e comece a estudar.

Ensino médio

As oportunidades de ensino médio são para os cargos de agente policial(249 vagas), atendente de necrotério (54), auxiliar de papiloscopista(136), papiloscopista policial (72), agente de telecomunicações (252),auxiliar de necropsia (36), desenhista técnico pericial (11) e fotógrafo técnico pericial (41).

Para os cargos de agente policial,atendente de necrotério e auxiliar de papiloscopista, o inicial é de R$3.365, já considerando R$ 571,51 de adicional de insalubridade. Já nos casos de papiloscopista, agente de telecomunicações, auxiliar de necropsia, desenhista técnico e fotógrafo, o inicial é de R$ 4.023,29,já com o complemento.

A diferença salarial se refere à lei complementar 1.249, sancionada pelo governador Geraldo Alckmin em 3 de julho de 2014, que altera de ensino fundamental para médio a exigência para os cargos de agente, atendente de necrotério e auxiliar de papiloscopista, sem compatível alteração salarial.

Nível superior

Para nível superior, o pedido é para os cargos de escrivão de polícia (922),investigador de polícia (985), médico legista (68), perito criminal(129) e delegado de polícia (221). Os iniciais são de R$ 4.171,49 para investigador e escrivão, R$ 8.538,49 para legista e perito e R$10.079,28 para delegado, já com o adicional.
De acordo com dados da Secretaria de Segurança Pública, deverão ser nomeados, nos próximos meses, 3.040 servidores, somente para os cargos de delegado (120), escrivão (780) e investigador (2.140), aprovados no último concurso, o que reforça a intenção do governo em manter investimentos na área de segurança, mesmo durante a crise econômica pela qual o governo vem passando.