Controlada pelo Centrão, Codevasf firma contrato de R$ 61,75 milhões com diarista para compra de tratores

Jovem de 21 anos aparece como dona da Imperiogn Comércio de Máquinas Equipamentos e Serviços, que firmou acordo com a Codevasf para compra de 325 tratores superfaturados

Da Redação
18/08/2022 - 14:09
  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Linkedin
  • Compartilhe no Telegram
  • Compartilhe no WhatsApp

Controlada pelo Centrão, Codevasf firma contrato de R$ 61,75 milhões com diarista para compra de tratores

Jovem de 21 anos aparece como dona da Imperiogn Comércio de Máquinas Equipamentos e Serviços, que firmou acordo com a Codevasf para compra de 325 tratores superfaturados

A Controladoria-Geral da União (CGU) apontou a existência de riscos de superfaturamento da ordem de R$ 11,8 milhões em um contrato de R$ 61,7 milhões para a compra de 325 tratores, celebrado entre a Imperiogn Comércio de Máquinas Equipamentos e Serviços e a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco (Codevasf).

Detalhe importante 1: A dona da Imperiogn tem 21 anos e trabalha como diarista, segundo a mãe.

Detalhe importante 2: O presidente da Codevasf é Marcelo Moreira Pinto que foi indicado pelo presidente da Câmara, Arthur Lira (PP) e pelo ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira (PP), líderes do Centrão.

Desde que o presidente Jair Bolsonaro (PL) entregou a gestão da Codevasf para o Centrão em troca de apoio político, a estatal não para de garantir manchetes que escararam um grande esquema e corrupção.

Confira algumas das denúncias de corrupção envolvendo a Codevasf

PF encontra mala com R$ 1,3 milhão na operação que investiga corrupção na Codevasf

Codevasf compra R$ 2 milhões em tubos, sem necessidade, para atender o Centrão

Comandada pelo Centrão, Codevasf gasta R$ 3 bilhões sem comprovação de obras

Consultoria de militares que propôs acabar com o SUS ganhou R$ 170 mil da Codevasf

E mais uma denúncia foi publicada nesta quinta-feira (18) no jornal O Globo. De acordo com a reportagem, a Imperiogn, que fechou um contrato milionário e superfaturado com a Codevasf, foi criada há apenas dois anos e está registrada em nome de Ana Luiza Cassiano Batista, de apenas 21 anos, que se apresenta em um perfil no LinkedIn como vendedora de calçados em uma loja de Goiânia (GO). Mas, a mãe da jovem, Andrea Cassiano Batista, afirmou aos jornalistas que, além de não possuir nenhuma empresa registrada em seu nome, a filha trabalha, na verdade, como diarista.

“A Imperiogn já participou de 49 licitações do governo federal e firmou contratos com diferentes braços do poder público, entre eles os ministérios da Defesa, Saúde, Educação e do Desenvolvimento Regional, ao qual a Codevasf é vinculada. Ao todo, a empresa já recebeu R$ 6,9 milhões do erário”, destaca o periódico.

No relatório que apontou o risco da existência de sobrepreço, a CGU destacou que os valores de referência utilizados pela Codevasf foram “exorbitantes” em relação ao Painel de Preços do próprio governo federal.

O contrato, celebrado em março deste ano, foi assinado pela Superintendência da Codevasf em Pernambuco, comandada por Aurivalter Cordeiro. Ele é ex-assessor do senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), líder do atual governo até dezembro do ano passado.