Edital do Bolsa Atleta deste ano já registra mais de 8.600 pedidos

O número superou em 12,58% o registrado no período 2019/2021. A lista com os nomes dos contemplados deverá ser divulgada entre 11 e 15 de abril

Da Redação
24/02/2023 - 14:53
  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Linkedin
  • Compartilhe no Telegram
  • Compartilhe no WhatsApp

Edital do Bolsa Atleta deste ano já registra mais de 8.600 pedidos

Desde que foi criado, em 2005, o Bolsa Atleta quebrou seu recorde histórico com o edital de 2023. O programa do Ministério do Esporte recebeu 8.621 pedidos de bolsa até as 23h59 da última sexta-feira (17), fim do prazo de inscrições. O número superou em 12,58% o registrado no período 2019/2021, que até então detinha o número mais alto até então. A lista com os nomes dos contemplados deverá ser divulgada entre os dias 11 e 15 de abril. 

O orçamento do programa neste ano superou R$ 80 milhões para modalidades olímpicas e paralímpicas. O montante será distribuído entre as cinco principais categorias de bolsa: atletas de base, estudantil, nacional, internacional e olímpico/paralímpico. O valor mensal varia entre R$ 370 (atleta de base) e R$ 3.100, conforme a categoria.

A bolsa nacional é a que atraiu mais solicitações (5.535), seguida da internacional (1.474), estudantil (610), olímpico/paralímpico (441) e base (399). O atletismo paralímpico foi a modalidade que registrou o maior número de pedidos: 731. Depois aparecem atletismo olímpico (613), handebol e natação – ambos com 359 inscrições cada.

Bolsa Atleta inclui categoria para aqueles que se destacam

O programa inclui ainda uma sexta categoria, a pódio, para atletas de destaque nos cenários olímpico e paralímpico. Para ela foram destinados este ano R$ 40 milhões. As inscrições terminaram no último dia 27 e o total de pedidos ainda será divulgado. Os repasses mensais variam de R$ 5 mil a R$ 15 mil. Para pleitear a categoria pódio do Bolsa Atleta, é preciso estar entre os 20 melhores do mundo em modalidades olímpica ou paralímpica. A relação de contemplados sairá em 28 de abril.

Desde o primeiro ano do programa, o Bolsa Atleta já beneficiou 31.985 esportistas, com recursos distribuídos por meio de 87.873 bolsas.

“Comemoramos esse recorde de inscrições logo no início da nossa gestão e da volta do Ministério do Esporte. O Programa Bolsa Atleta já faz parte da realidade dos nossos esportistas, que podem contar com o apoio do Governo Federal para continuarem se dedicando aos treinos e às competições”, disse a ministra do Esporte, Ana Moser. “São contempladas desde as categorias de base, o que permite que os mais jovens tenham condições de seguir treinando”, completou.

Fonte: RBA