Empresário revela ao Fantástico pedido de propina de pastores

E de quanto é essa doação?’, aí ele falou: ‘Ah, por volta de R$ 100 mil reais é a doação

Da Redação
27/06/2022 - 08:29
  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Linkedin
  • Compartilhe no Telegram
  • Compartilhe no WhatsApp

Empresário revela ao Fantástico  pedido de propina de pastores

O progra ‘Fantástico’, da rede Globo trouxe depoimento do empresário Edvaldo Brito, responsável pela denúncia que levou à prisão do ex-ministro Milton Ribeiro e dos pastores pastor Gilmar Santos, presidente da Convenção Nacional de Igrejas e Ministros das Assembleias de Deus no Brasil, e Arilton Moura, diretor do Conselho Político da mesma convenção.

Edvaldo Brito revela detalhes do esquema que vem sendo investigado pela PF.

Segundo o empresário, os pastores pediram que ele e o prefeito do município fossem a Brasília. O objetivo: gravar um vídeo com o então ministro. Após esse encontro, Edvaldo afirma: houve um pedido de dinheiro feito pelo pastor Arilton.

“O próprio Arilton disse: ‘Olha, eu preciso que você faça uma doação. É para uma obra missionária’. Eu falei: ‘Tudo bem. E de quanto é essa doação?’, aí ele falou: ‘Ah, por volta de R$ 100 mil reais é a doação’. Eu falei: ‘É muito. Eu não tenho. Eu não tenho condição. Mas eu tenho amigos, pessoas, empresários que costumam investir na obra e que eu vou pedir a doação’.”

 

E em março deste ano, o caso veio à tona. No dia 18, o jornal “Estado de S. Paulo” publicou uma reportagem revelando que um grupo liderado por Arilton Moura e Gilmar Santos controlava a agenda do ministro e investimentos de recursos públicos. No dia 24, o jornal “Folha de São Paulo” divulgou um áudio de Milton Ribeiro em que ele afirma que atendia a prefeitos amigos do pastor Gilmar Santos a pedido do presidente Jair Bolsonaro.

Fonte G1

Clique AQUi ara ver  o vídeo da reportagem e a íntegra da materia no G1