Equipe da Saúde faz mutirão para conter surto de escorpiões no Conjunto Estrela do Sul

Mais de 30 servidores foram mobilizados para retirar entulhos e dedetizar locais onde foram encontrados esses animais

Da Redação
16/01/2024 - 05:50
  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Linkedin
  • Compartilhe no Telegram
  • Compartilhe no WhatsApp

Equipe da Saúde faz mutirão para conter surto de escorpiões no Conjunto Estrela do Sul

Mais de 30 servidores foram mobilizados para retirar entulhos e dedetizar locais onde foram encontrados esses animais. Secretaria de Saúde alerta população para adotar medidas de prevenção

A Prefeitura de Aparecida de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), realizou, na tarde desta segunda-feira, 15, uma ação de bloqueio para contenção de um surto de escorpiões. A força-tarefa foi realizada no Conjunto Estrela do Sul e envolveu servidores da Vigilância em Saúde e da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (SDU).

O bairro registrou um caso de picada do animal, o que mobilizou as equipes da Vigilância. Na região, foram realizadas inspeções em áreas de maior incidência, como terrenos baldios e residências para identificar possíveis criadouros e locais propícios para a presença dos escorpiões. A população também foi orientada a adotar práticas preventivas e como proceder em caso de picadas.

Foram mobilizados mais de 30 servidores para esta ação, que concentrou os trabalhos na busca de animais, remoção de lixo e entulhos e na dedetização utilizando métodos seguros e eficazes. A aplicação de inseticidas específicos e a captura controlada estão entre as estratégias adotadas para minimizar a presença desses aracnídeos.

O coordenador de Vigilância Ambiental e Zoonoses da SMS, Edson Fernandes, destaca algumas dicas para impedir a ocorrência de escorpiões nas casas e quintais. “Todos devem manter limpas as áreas internas e externas dos imóveis, retirando e manejando adequadamente lixo, entulhos, materiais de construção e folhagens, dentre outros. A sujeira contribui para a existência de baratas e outros insetos que servem de comida para os escorpiões”, ressalta.

Para evitar a picada de escorpião e outros animais peçonhentos, o coordenador também aconselha a verificação de roupas e sapatos antes de utilizá-los, além de vedar ou telar ralos e outros espaços que podem servir de porta de entrada para os animais.

A moradora do Setor Estrela do Sul, Lorraine Rodrigues Lopes, entrou em contato com a SMS após uma vizinha ser picada por um escorpião. A dona de casa afirma que tem cuidado do quintal para evitar a proliferação dos animais. “Para a gente que tem criança e animal doméstico em casa, esse tipo de situação é um perigo. Por isso, liguei para a Vigilância e imediatamente eles vieram aqui fazer a limpeza da nossa quadra. A gente só tem a agradecer por essa rápida ação da Prefeitura”, comentou a moradora.

Em 2023 foram notificados 55 casos de picada por escorpião em Aparecida. Por isso, a Prefeitura orienta que os moradores também façam a sua parte na prevenção de incidentes com animais peçonhentos. A população pode buscar maiores orientações junto à Vigilância em Saúde pelo telefone 3545-4819.