Governo federal retira 34 brasileiros da Cisjordânia

Entre os repatriados há 11 crianças e 6 idosos. Comitiva deixou a Palestina com a bandeira brasileira para evitar bombardeios de Israel, que tem atacado também a região da Cisjordânia.

Da Redação
01/11/2023 - 09:34
  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Linkedin
  • Compartilhe no Telegram
  • Compartilhe no WhatsApp

Governo federal retira 34 brasileiros da Cisjordânia

Enquanto negocia para conseguir a liberação de 34 brasileiro-palestino após a abertura da fronteira em Rafah, no sul de Gaza, o governo Lula anunciou a repatriação na manhã desta quarta-feira (1º) de outros 33 que estavam na Cisjordânia, região na Palestina que também tem sido bombardeada pelas Forças de Defesa de Israel.

Segundo o embaixador Alessandro Candeas, três veículos, entre ônibus e vans alugados pela representação do Brasil, conduziram os passageiros de 11 cidades da Cisjordânia até a cidade de Jericó, a cerca de 27 quilômetros de Jerusalém.

“Os veículos foram identificados com a bandeira do Brasil. Para fins de segurança, as placas, trajetos e listas de passageiros foram informados às autoridades da Palestina e de Israel”, explicou Candeas. A medida é essencial para evitar bombardeios no trajeto.

No total, foram resgatadas 12 famílias que manifestavam interesse na repatriação. São 12 homens, 10 mulheres, 11 crianças e 6 idosos.

 

Fonte: Revista Forum – Foto: Itamaraty