HMAP homenageia pacientes e colaboradoras no Dia da Mulher

Exposição de fotos, música ao vivo, palavras de apoio e confraternização entre pacientes, familiares, amigos e profissionais do Hospital deram o tom da celebração que exaltou a força e a coragem femininas

Da Redação
10/03/2024 - 08:33
  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Linkedin
  • Compartilhe no Telegram
  • Compartilhe no WhatsApp

HMAP homenageia pacientes e colaboradoras no Dia da Mulher

Exposição de fotos, música ao vivo, palavras de apoio e confraternização entre pacientes, familiares, amigos e profissionais do Hospital deram o tom da celebração que exaltou a força e a coragem femininas  

No 8 de março, Dia Internacional da Mulher, como parte das celebrações feitas pela Prefeitura, o Hospital Municipal de Aparecida de Goiânia Iris Rezende Machado (HMAP) preparou uma homenagem para pacientes e colaboradoras. Mais de vinte mulheres, dentre funcionárias e pessoas em tratamento na unidade, foram maquiadas e fotografadas por profissionais no início do mês e conferiram o resultado em uma exposição, na tarde desta sexta-feira, no 2º piso do Hospital, com apresentação musical e muita integração entre os participantes.

A celebração reuniu as homenageadas e seus amigos e parentes com profissionais do HMAP. Um vídeo com as imagens feitas pelos fotógrafos Valdeir Barros e Ademir Júnior foi apresentado. Já as maquiagens para a produção foram feitas pelas voluntárias Tassiana, Fernanda e Enza Rafaela, além de uma colaboradora administrativa do Hospital.

Também houve uma apresentação musical que movimentou o evento, fazendo as pessoas dançarem e cantarem. O momento de abertura foi um dos mais impactantes, quando todos cantaram juntos “Maria, Maria”, de Milton Nascimento, considerada um hino em homenagem à força e resistência femininas. Depois foram apresentadas as fotos da exposição e duas pacientes ganharam de presente dos fotógrafos quadros com suas imagens.

Momento inesquecível

Uma das presenteadas com um quadro foi Rayssa Tayslane, de 18 anos de idade. Internada há 37 dias no HMAP após uma cirurgia, sorridente e abraçada pelas profissionais na festa, ela elogiou o tratamento recebido por toda a equipe e se surpreendeu com a homenagem: “Amei demais. Aqui todos são muito prestativos, mas eu não esperava essa celebração linda dessa maneira. Vou guardar meu retrato para a vida inteira e aproveito para desejar um feliz dia das mulheres para todas. ”

Emocionada, a mãe de Rayssa, Aline Souza Nascimento, também não poupou elogios para o trabalho desempenhado no Hospital e chamou a homenagem de “mais um remédio para minha filha”. Ela ainda afirmou que “ficamos felizes demais com essa celebração. Imaginem, a Rayssa passar por um processo desses, tratamento longo, complexo, e hoje ter essa felicidade. Foi uma surpresa e o retrato dela ficará num lugar de destaque na nossa casa. Apesar de ser um momento de internação, será uma alegria ver esse quadro. ”

Homenagem que conforta

“Preparamos esse momento com muito carinho e respeito a todas as mulheres que fazem o HMAP, aqui representadas por figuras fortes e reais. É uma singela homenagem. Nossa equipe médica, por exemplo, é majoritariamente composta por mulheres, que são mais de 80%. Sabemos que a rotina aqui é corrida, o ambiente pode ser sofrido em certos instantes, então é uma forma de trazer alegria e algo a mais para confortar as pessoas. Tudo começou com a ideia de fotografar duas pacientes que chegaram com quadros extremamente graves e pudemos melhorar a saúde delas, mas depois expandimos para mais de 20 pessoas dentre pacientes, acompanhantes e funcionários”, relatou o coordenador da Clínica Médica, Mayler Olombrada, um dos organizadores do evento.

Da equipe da Clínica Médica, Ana Luísa Sabino, também uma das responsáveis pela iniciativa, destacou que “há pacientes com quadros graves e avançados que recebem muito apoio dos familiares e vemos o sorriso dessas pessoas mesmo em face às adversidades. Aqui temos mulheres com muita fé na cura, que levam um sorriso no rosto, são sonhadoras e gostam de fotografias. Eu me senti, nesse dia tão especial, representada por todas que estão aqui, me senti homenageada também, até minha família veio, me senti acolhida. ”

Desafio recompensador

Os fotógrafos que fizeram os retratos participaram da homenagem e presentearam duas pacientes com quadros. Visivelmente emocionados, ambos agradeceram a oportunidade e garantiram que estão prontos para novas iniciativas semelhantes. “Somos fotógrafos de casamentos mas topamos o desafio na hora. Buscamos referências e fizemos fotos coloridas e preto e branco. Estou muito feliz com o resultado e coloco-me à disposição de Aparecida e do HMAP para mais celebrações incríveis como essa, que experiência inesquecível”, disse Ademir Júnior.

Valdeir Barros concordou com o colega e acrescentou: “Fui convidado pelo meu amigo Ademir, que recebeu a proposta da dra. Ana Luísa, e para mim foi um desafio e uma grande honra participar. Homenageamos as mulheres nesse dia e pudemos mostrar toda a garra, a força e a resiliência dessas pessoas. Tentei captar a essência delas através das fotos e estou satisfeitíssimo com o resultado. ”