Janones promete revelar segredos de Boldonaro

Deputado teve acesso ao celular de Gustavo Bebianno,   com todas as conversas com Bolsonaro arquivadasɛ00

Da Redação
26/10/2022 - 10:01
  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Linkedin
  • Compartilhe no Telegram
  • Compartilhe no WhatsApp

Janones promete revelar segredos de Boldonaro

Deputado teve acesso ao celular de Gustavo Bebianno,   com todas as conversas com Bolsonaro arquivadas

ɛ

Aparelho teria sido entregue a uma pessoa de confiança do ex-ministro nos Estados Unidos

O finado ex-ministro Gustavo Bebianno deixou um celular com todas as conversas que teve com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) antes de ser demitido da Secretaria-Geral da Presidência da República. É o que afirma o empresário Paulo Marinho na mesma entrevista em que aponta o favorecimento da candidatura de Bolsonaro à Presidência pela Polícia Federal, com o suposto vazamento de informações privilegiadas sobre o caso Queiroz.

“Gustavo tinha um telefone celular por meio do qual interagiu durante toda a campanha [presidencial de 2018] e a transição de governo com o capitão. Eles se falavam muito por WhatsApp. O capitão adorava mandar mensagens gravadas para ele. O Gustavo tinha esse conteúdo imenso [de mensagens], na mais alta intimidade que você pode imaginar. Eram conversas íntimas que, provavelmente, deviam ter revelações interessantes”, afirmou Marinho.

Marinho também afirmou que Bebianno “delatou” todo conteúdo das conversas “num ato de raiva pela demissão injusta que sofreu” e entregou o aparelho a uma pessoa de confiança.

“Deixou esse telefone com uma pessoa nos Estados Unidos. Depois parece que ele resgatou de novo o conteúdo. Ele ficou muito marcado pela demissão, com muito desgosto, melancolia. Morreu de decepção, de tristeza mesmo. Mas Bebianno não era homem-bomba. Não tinha nada que pudesse tirar Bolsonaro do governo por algo do passado”, afirmou.

Apesar da informação, Marinho negou ter conhecimento sobre o paradeiro do aparelho.

“Eu não sei onde está, para te dizer a verdade. Está com alguém. Eu não sei com quem”, disse o empresário.

Gustavo Bebianno morreu em março de 2020 vítima de um infarto dentro de casa, em Teresópolis, no Rio de Janeiro.”