Klöckner, do ramo de embalagens, planeja investir R$ 200 milhões em Aparecida

Prefeitura de Aparecida já articula com a companhia para viabilizar a instalação da nova planta da empresa na cidade; em processo de expansão, indústria projeta gerar 200 empregos no município

Da Redação
18/05/2023 - 21:16
  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Linkedin
  • Compartilhe no Telegram
  • Compartilhe no WhatsApp

Klöckner, do ramo de embalagens, planeja investir R$ 200 milhões em Aparecida

Prefeitura de Aparecida já articula com a companhia para viabilizar a instalação da nova planta da empresa na cidade; em processo de expansão, indústria projeta gerar 200 empregos no município

A Prefeitura de Aparecida iniciou tratativas com mais uma grande indústria, buscando aumentar a geração de empregos e manter o desenvolvimento econômico da cidade em ritmo acelerado. Desta vez, a gestão municipal articula com a multinacional Klöckner Pentaplast, do ramo de plásticos para embalagens, a abertura em Aparecida de uma nova planta da companhia. Em processo de expansão, a empresa busca uma cidade para investir R$ 200 milhões numa nova filial.

Numa visita cortesia à Prefeitura de Aparecida, executivos da Klöckner disseram que a empresa está interessada em investir na cidade. A intenção é abrir em Aparecida uma operação para fabricar plásticos utilizados em embalagens de medicamentos. Com uma área de 40 mil metros quadrados, a nova planta deve gerar 200 empregos, entre diretos e indiretos. Foi o que informou ao prefeito Vilmar Mariano o CEO da Klöckner no Brasil, André Gonçalves.

“Muito nos interessa essa desburocratização feita em Aparecida e a facilidade de integração do setor privado com o poder público”, afirmou o executivo após conhecer o funcionamento do Comitê Permanente de Desburocratização (CPD). Instituído no ano passado pela Prefeitura de Aparecida, o colegiado funciona em conjunto com a Associação Comercial e Industrial de Aparecida de Goiânia (Aciag), outros órgãos do poder público e entidades de classe.

Prefeito Vilmar presenteou André Gonçalves com material que apresenta o perfil de Aparecida – Foto: Wigor Vieira

O prefeito Vilmar Mariano ressaltou as potencialidades de Aparecida para a indústria. “Aparecida está no centro de Goiás, que, por sinal, está no centro do Brasil. Nossa cidade é cortada por duas rodovias federais que dão acesso, por exemplo, à Região Sudeste, facilitando o escoamento rápido da produção para grandes centros consumidores”, pontuou o gestor sobre os atrativos logísticos da cidade.

O CEO da Klöckner adiantou que, nessa expansão da companhia, a previsão é iniciar a operação em Aparecida em 2024. Segundo André Gonçalves, a produção de Aparecida ajudará a suprir a demanda dos clientes da empresa do mercado nacional e do exterior, na Bósnia, Turquia, Portugal, Itália e Espanha. Fundada na Alemanha em 1965, a Klöckner está presente em 32 países. Sua sede no Brasil fica em Cotia, no interior de São Paulo.

“Aparecida tem um ambiente de negócios muito estável, que favorece a atração de novas empresas para a nossa cidade. Essa é uma condição fundamental para a realização de novos investimentos do setor privado”, analisou o secretário de Indústria e Comércio, Felismar Martins.

Além do prefeito Vilmar Mariano e de Felismar, recepcionaram a comitiva da Klöckner os secretários das pastas da Fazenda, Einstein Paniago; de Comunicação, Ozéias Laurentino Júnior; e da Companhia de Desenvolvimento de Aparecida, Luiz Maronezi. Presidente da Aciag, Leopoldo Moreira também participou do encontro.