Lula tem 65% em Pernambuco, Bolsonaro, 17%

Da Redação
30/03/2022 - 22:40
  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Linkedin
  • Compartilhe no Telegram
  • Compartilhe no WhatsApp

Lula tem 65% em Pernambuco, Bolsonaro,  17%

Pesquisa do Instituto Conectar, divulgada nesta quarta-feira (30), revelou que as intenções de voto no ex-presidente Lula (PT) em Pernambuco, sua terra natal, alcançou um dos maiores percentuais do país.

De acordo com o Conectar, 65% dos pernambucanos delcararam que vão votar em Lula.

O presidente Jair Bolsonaro (PL), tem apenas 17% dos votos entre os eleitores do estado, mas alçancou o maior percentual de rejeição do país: 67% dos entrevistados disseram que não votariam no atual chefe do Executivo “de jeito nenhum”.

Na simulação de primeiro turno feita pelos pesquisadores, com a apresentação de cartão com os nomes dos candidatos, depois de Lula (65%) e Bolsonaro (17%), aparecem o ex-governador do Ceará,  Ciro Gomes (PDT), com apenas 3% das intenções de voto e o deputado André Janones (Avante), com 2%.

O ex-juiz Sérgio Moro (Podemos) e o governador paulista, João Doria (PSDB), tem 1% cada. Brancos e nulos somam 9% e apenas 2% não souberam responder a pesquisa.

Na pesquisa espontânea, quando o entrevistador não apresenta o cartão com os nomes dos candidatos, Lula alcança 59% das intenções de voto em Pernambuco, enquanto Bolsonaro aparece com apenas 15%. Já Ciro e Janones tem 1% cada. Os demais não são citados ou não somaram um dígito. Brancos e nulos somam 11% e os que não souberam responder chegam a 13%.

Rejeição

Outros 32% dos pernambucos responderam que não votariam de jeito nenhum em Sérgio Moro. Ciro, aparece no ranking  com 27%; Doria, com 27%; Lula, 22%; e os menos conhecidos Simone Tebet, com 13%; e Janones, com 12%.

Governo de Pernambuco

A entrada de Marília Arraes como pré-candidata do Solidariedade ao Governo de Pernambuco trouxe uma profunda mudança no cenário da sucessão estadual, conforme pesquisa do Instituto Conectar. Ela aparece na liderança com o dobro das intenções de voto da pré-candidata do PSDB, Raquel Lyra. Em um dos cenários, Marília aparece com 28% das intenções de voto contra 14% de Raquel.

Miguel Coelho (União Brasil) vem em seguida, empatado, tecnicamente, com Raquel, com 11%. Pré-candidato do PL, Anderson Ferreira desponta com 8% e Danilo Cabral (PSB) tem 6%. João Arnaldo (Psol) aparece com 2%, e Jones Manoel (PCB) possui 1%. Brancos, nulos e indecisos somam 22%, enquanto 10% não souberam responder.

A pesquisa foi realizada presencialmente, entre os dias 26 a 29 deste mês, em 55 municípios nas diversas regiões do Estado, sendo aplicados mil questionários, com margem de erro de 3,1 pontos percentuais e intervalo de confiança de 95%.

Com apoio da RBA