Maio Amarelo: Prefeitura de Goiânia alerta sobre perigos de uso do celular e direção

Agentes de trânsito da Mobilidade realizam blitz educativa na quinta-feira (23/5), das 16h às 17h, no cruzamento das Avenidas Terceira Radial com Botafogo, no Setor Pedro Ludovico

Da Redação
21/05/2024 - 11:44
  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Linkedin
  • Compartilhe no Telegram
  • Compartilhe no WhatsApp

Maio Amarelo: Prefeitura de Goiânia alerta sobre perigos de uso do celular e direção

Agentes de trânsito da Mobilidade realizam blitz educativa na quinta-feira (23/5), das 16h às 17h, no cruzamento das Avenidas Terceira Radial com Botafogo, no Setor Pedro Ludovico

A Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Mobilidade (SMM), inicia ações do terceiro eixo da campanha Maio Amarelo com “A paz no trânsito começa por você”. Desta vez, a pasta vai alertar sobre o perigo do uso do celular e direção, principalmente por motociclistas. Agentes de trânsito da Mobilidade realizam blitz educativa na quinta-feira (23/5), das 16h às 17h, no cruzamento das Avenidas Terceira Radial com Botafogo, no Setor Pedro Ludovico.

O objetivo é orientar motociclistas, parte mais vulnerável no trânsito, sobre a importância de fazer escolhas corretas ao trafegar pelas vias públicas. “Tornou-se comum esse tipo de infração entre os condutores de motocicletas, principalmente pelo entregadores de aplicativos. Sabemos que o celular é uma ferramenta que auxilia no nosso dia a dia, seja por condutores de veículos e até por pedestres, mas o uso dele no trânsito provoca distração que causa acidentes graves levando até a sinistros. Para se ter uma ideia, no Brasil foram registrados 365 óbitos de motociclistas no trânsito em 2023”, pontua o secretário de Mobilidade, Marcelo Torrubia.

De acordo com dados da Associação Brasileira de Medicina do Tráfego (Abramet), usar o celular enquanto se conduz um veículo aumenta em até 400% o risco de acidentes. “Os motociclistas estão na lista dos mais vulneráveis no trânsito, e queremos chamar a atenção deles sobre esse risco do uso do celular. Nosso alerta é para que eles pilotem obedecendo às leis de trânsito para poder voltar para casa em segurança no fim do seu expediente”, pontua Marcelo.

Infrações
Em 2022 foram registradas mais de 12 mil infrações de trânsito por uso de celular. Já em 2023, o número saltou para 30.332 infrações na capital. Neste ano, de janeiro a abril foram registradas mais de 12.218 infrações por uso do celular.

De acordo com o Artigo 252 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), segurar o aparelho celular enquanto dirige é uma infração gravíssima, com multa de R$ 293,47 e sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Não é permitido falar ao celular nem mesmo utilizando fone de ouvido.

Entenda os tipos de infrações do uso do celular
Dirigir veículo falando celular:
– Multa: R$ 130,16
– Pontuação na CNH: 4 pontos

Quando o condutor está segurando o celular em uma das mãos enquanto dirige:
– Multa: R$ 293,47
– Pontuação na CNH: 7 pontos

Quando o motorista estiver manuseando o celular enquanto dirige:
– Multa: R$ 293,47
– Pontuação na CNH: 7 pontos

Foto: Divulgação/ Mobilidade