Mutirão do HMAP realiza mais de 100 cirurgias de urologia em menos de uma semana

Com essa ação, a fila de espera da unidade para esse tipo de procedimento foi reduzida em 60%

Da Redação
20/05/2024 - 08:52
  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Linkedin
  • Compartilhe no Telegram
  • Compartilhe no WhatsApp

Mutirão do HMAP realiza mais de 100 cirurgias de urologia em menos de uma semana

O Hospital Municipal de Aparecida de Goiânia Iris Rezende Machado (HMAP), uma unidade construída e mantida pela Prefeitura e administrada pela Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein, realizou uma força-tarefa para acelerar a realização de cirurgias eletivas de urologia no hospital. O mutirão começou na segunda-feira, 13 de maio, e no sábado, 18, totalizou mais de 100 pacientes operados. Com essa ação, a fila de espera da unidade para esse tipo de procedimento foi reduzida em 60%.

O prefeito Vilmar Mariano destacou a importância da iniciativa:

“Os mutirões são uma marca registrada da minha gestão e na Saúde não é diferente. Em uma semana de trabalho intensivo, o HMAP conseguiu realizar mais de 100 cirurgias eletivas de urologia, diminuindo ainda mais o tempo de espera do paciente e reforçando o compromisso da Prefeitura de Aparecida em oferecer um atendimento humanizado e eficaz”.

O secretário de Saúde de Aparecida, Alessandro Magalhães, explicou que a partir de agosto de 2022, com a melhoria do cenário pandêmico e a consequente redução das internações por covid-19, Aparecida acelerou a realização de procedimentos eletivos na cidade, tornando-se referência para o estado e até para o país. Desde então, somente o HMAP já realizou mais de 11 mil cirurgias eletivas.

“Um levantamento do número de procedimentos hospitalares e ambulatoriais do SUS, por município de execução, feito em setembro do ano passado, demonstrou que Aparecida de Goiânia era a cidade de todo o Centro-Oeste brasileiro que mais realizava cirurgias eletivas, aquelas classificadas como não-urgentes. Os dados do Ministério da Saúde apontaram o município como o terceiro do País com mais procedimentos feitos, ficando atrás apenas do Rio de Janeiro e de São Paulo, localizados na região Sudeste. Isso tudo porque reduzir o tempo de espera do paciente é prioridade em nossa cidade”, afirmou o gestor.

O superintendente de Regulação, Avaliação e Controle de Aparecida, Thiago Monteiro, explicou que “já conseguimos reduzir drasticamente todas as filas de cirurgias e quando identificamos o aumento do tempo de espera de alguma especialidade, fazemos uma força-tarefa para diminuir esse prazo e assim melhorar a trajetória do paciente. Nessa semana, promovemos um mutirão de urologia e já estamos planejando um de cirurgias ortopédicas de joelhos”.

Mais rapidez e qualidade

O diretor do HMAP, Felipe Piza, detalhou como o hospital conseguiu realizar mais de 100 cirurgias urológicas em menos de uma semana: “Observamos essa demanda em urologia em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde e nos preparamos para dar vazão à fila. Tudo com segurança, respeitando o fluxo e a capacidade do hospital. Temos uma equipe de médicos urologistas do HMAP e do Einstein Goiânia que trabalham em sinergia, enfermeiros, técnicos de enfermagem e anestesistas, altamente qualificados e experientes, que se mobilizaram para realizar o máximo de procedimentos em poucos dias, incluindo técnicas minimamente invasivas como a ureterorrenolitotripsia (URS) flexível e a Ressecção Transuretral da Próstata (RTU). Um orgulho e privilégio fazer a diferença na vida desses pacientes.”

Cirurgias urológicas

A cirurgia urológica tem o objetivo de tratar problemas de saúde relacionados ao trato urinário em homens e mulheres. Além disso, a urologia também é a parte da medicina que cuida do sistema reprodutor masculino, como os testículos, próstata e pênis. Assim, é uma área que engloba diversos tipos de procedimentos, como a vasectomia, a biópsia, a retirada de tumores benignos e o tratamento da bexiga e de cálculos renais, as famosas pedras nos rins.

HMAP, gigante de Aparecida

Inaugurado em 2018, o HMAP é o maior hospital do Estado construído por uma prefeitura. A unidade tem 235 leitos operacionais, sendo 35 em UTIs adultas e 10 em pediátricas, 180 apartamentos e 10 salas cirúrgicas. O hospital tem ainda capacidade para realizar mais de 1.100 internações clínicas por mês, 646 cirurgias eletivas, 195 procedimentos hemodinâmicos,oito mil consultas médicas ambulatoriais e sete mil exames de imagem mensais.