“Ninguém quer saber se ele é brocha”

Lula afirma que o Brasil não pode aceitar um presidente que diz no 7 de setembro que é “imbrochável”.

Da Redação
11/09/2022 - 06:00
  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Linkedin
  • Compartilhe no Telegram
  • Compartilhe no WhatsApp

“Ninguém quer saber se ele é brocha”

No comício em Taboão da Serra, na região metropolitana de São Paulo neste sábado (10) o ex-presidente e candidato Lula disse que “não interessa se Bolsonaro é imbrochável, as pessoas querem saber é se vai ter emprego”.

A fala do presidente Jair Bolsonaro foi dita após a cerimônia oficial do bicentenário da Independência em Brasília na última quarta-feira (7). No discurso, Bolsonaro puxou o coro e pediu para que o público gritasse a palavra “imbrochável” para ele.

Em Taboão da Serra, Lula afirma que o Brasil não pode aceitar um presidente que diz no 7 de setembro que é “imbrochável”.

“O Brasil não pode aceitar um presidente da República que vai no 7 de setembro dizer: ‘Eu sou imbrocável’. Ora, ele estava falando para quem? Para a mulher dele? Ninguém quer saber se ele é brocha, isso não interessa. Isso é problema dele, não é problema nosso. A gente quer saber se vai ter emprego, se vai ter salário, se vai ter educação”.

Fonte: DCM