Papa Francisco lança Campanha da Fraternidade 2024 com o tema ‘Fraternidade e Amizade Social’

Campanha é conduzida pela Confederação Nacional de Bispos do Brasil (CNBB) em todo país

Da Redação
14/02/2024 - 13:48
  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Linkedin
  • Compartilhe no Telegram
  • Compartilhe no WhatsApp

Papa Francisco lança Campanha da Fraternidade 2024 com o tema ‘Fraternidade e Amizade Social’

Com o tema “Fraternidade e Amizade Social”, a Campanha de Fraternidade 2024, promovida pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), traz o lema da reconciliação e o resgate dos laços que foram perdidos durante a eleição de 2022, que polarizou o Brasil em torno de Jair Bolsonaro (PL) e Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Durante o lançamento da campanha, nesta quarta-feira (14), o secretário-geral da CNBB, dom Ricardo Hoepers, afirmou que a ideia do tema nasceu justamente no ano da eleição presidencial. Em suas palavras, “amizade social” deve ser entendida como a “curadora das relações” para “fortalecer a amizade, a comunhão, a unidade de Igreja, para anunciar o amor”. No ano passado, a temática foi “Fraternidade e Fome”.

A Campanha marca o início da quaresma, período entre o Carnaval e a Páscoa, em três perspectivas: “incentivar as pessoas a verem as situações de inimizade que geram divisões, violência e destroem a dignidade dos filhos de Deus; impulsionar as pessoas a iluminar-se pelo Evangelho que as une como família; e agir conforme a proposta quaresmal, de uma conversão constante, promovendo o esforço para uma mudança pessoal e comunitária”, diz o texto da Campanha.

Além de dom Ricardo Hoepers e do secretário-executivo de Campanhas da CNBB, o padre Jean Poul Hansen, a cerimônia apresentou um vídeo com a mensagem do Papa Francisco para a Campanha desse ano.

“Lembro da necessidade de alargar os nossos círculos para chegarmos aqueles que, espontaneamente, não sentimos como parte do nosso mundo de interesses, de estender o nosso amor a ‘todo ser vivo’, vencendo fronteiras e superando ‘as barreiras da geografia e do espaço’”, afirmou o Papa Francisco.

“Faço votos que a Campanha da Fraternidade, uma vez mais, auxilie às pessoas e comunidades dessa querida nação no seu processo de conversão ao Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo, superando toda divisão, indiferença, ódio e violência.”

A campanha deste ano também marca os 60 anos do movimento. A primeira aconteceu em 1962, no Rio Grande do Norte. Dois anos depois, em 1964, a campanha se estendeu para todo o Brasil e, desde então, ocorre a nível nacional.

Fonte: Brasil de Fato