Petrobras abre concurso para 373 vagas

O salário inicial é de R$ 5.563,90

Da Redação
16/02/2023 - 05:07
  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Linkedin
  • Compartilhe no Telegram
  • Compartilhe no WhatsApp

Petrobras abre concurso para 373 vagas

O salário inicial é de R$ 5.563,90

Este é o primeiro concurso para nível técnico que a Petrobras abre desde 2018. FUP alerta para “vácuo” de profissionais, devido a políticas de desmantelamento dos últimos anos

Além do salário, a Petrobras oferece previdência complementar e plano de saúde, dentre outros benefícios

A Petrobras abriu nesta quarta-feira (15) inscrições para concurso público de nível médio. Serão oferecidas 373 vagas para início imediato e mais 746 para cadastro de reserva. O salário inicial é de R$ 5.563,90. As inscrições vão até 17 de março e devem ser feitas pela internet, por meio do site do Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção de Promoção de Eventos (Cebraspe). O valor da taxa de inscrição é de R$ 62,79.

Os candidatos aprovados, quando convocados, poderão trabalhar em qualquer área ou unidade, a depender da necessidade da companhia, informa a companhia. Não é requerida comprovação de experiência profissional prévia.

“Com esse processo seletivo, a Petrobras busca atrair novos talentos com formação técnica para atuar, principalmente, no desenvolvimento de campos de petróleo no pré-sal. Estamos em busca de profissionais com perfil inovador, conectados com o futuro, dispostos a colocar a mão na massa para contribuir com os resultados da companhia”, destaca o presidente da Petrobras, Jean Paul Prates.

As vagas são para profissionais de nível técnico com ênfases nas seguintes áreas:

Operação (114)

Manutenção – Mecânica (66)

Manutenção – Instrumentação (55)

Manutenção – Elétrica (41)

Segurança do Trabalho (36)

Operação de lastro (24)

Inspeção de Equipamentos e Instalações (11)

Suprimentos de Bens e Serviços – Administração (6)

Logística de Transporte e Controle (6)

Enfermagem do Trabalho (5)

Projetos, Construção e Montagem – Mecânica (5)

Projetos, Construção e Montagem – Elétrica (4)

Além do salário, a Petrobras oferece previdência complementar (opcional), plano de saúde (médico, hospitalar, odontológico, psicológico e benefício farmácia), além de benefícios educacionais para dependentes, entre outros.

Candidatos de famílias inscritas no Cadastro Único (CadÚnico), com renda renda mensal de até meio salário mínimo (R$ 651) não pagam a taxa de inscrição. A isenção também vale para participantes doadores de medula óssea.

Vácuo de profissionais

Este é o primeiro concurso para nível técnico que a Petrobras abre desde 2018. Para a Federação Única dos Petroleiros (FUP), a estatal vive hoje um “vácuo” de profissionais por causa da saída de cerca de 45 mil trabalhadores nos últimos anos. O enxugamento dos quadros da companhia é resultado das políticas de privatização e terceirização que as gestões anteriores passaram a adotar desde 2016.

De acordo com o coordenador-geral da FUP, Deyvid Bacelar, as gestões de Temer e Bolsonaro “seguiram a cartilha neoliberal de destruição e sucateamento da Companhia e não realizaram concursos públicos para reposição dos trabalhadores, tanto das áreas operacionais, quanto administrativas”.

Deyvid recorda que durante os governos Lula e Dilma (2002-2016) a Petrobras realizou diversos concursos públicos para cargos de níveis médio e superior. Isso se deu em razão do aumento de investimentos, da descoberta do pré-sal, da ampliação da capacidade do refino e de exploração, dentre outros fatores.

“A Petrobras contava com aproximadamente 86 mil empregados, em 2013. Porém, a Lava Jato, as nefastas privatizações, e os diversos PIDVs (Programa de Incentivo ao Desligamento Voluntário) sangraram a Companhia e reduziram o número de trabalhadores para cerca de 45 mil, em 2021”, ressaltou o líder petroleiro, em nota.