Prefeitura de Aparecida fez mais de 180 ultrassonografias em grávidas no Garavelo Residencial Park

Iniciativa inédita na cidade é uma parceria entre a Secretaria de Saúde e a Clínica Móvel Dr. George Morais para ofertar gratuitamente às gestantes ultrassons obstétricos em alta definição

Da Redação
23/06/2024 - 07:44
  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Linkedin
  • Compartilhe no Telegram
  • Compartilhe no WhatsApp

Prefeitura de Aparecida fez mais de 180 ultrassonografias em grávidas no Garavelo Residencial Park

Iniciativa inédita na cidade é uma parceria entre a Secretaria de Saúde e a Clínica Móvel Dr. George Morais para ofertar gratuitamente às gestantes ultrassons obstétricos em alta definição

A Secretaria Municipal de Saúde de Aparecida (SMS), juntamente com a Clínica Móvel Dr. George Morais, realizou neste sábado, 22 de junho, um mutirão de ultrassons obstétricos em 5D (Morfológicos) para gestantes. Os exames foram feitos dentro de um ônibus modificado estacionado em frente à Maternidade Municipal Maria da Cruz Gomes Santana, no Setor Garavelo Residencial Park.

As senhas para fazer os ultrassons foram distribuídas no local das 5h30 até às 7h da manhã, quando iniciaram os exames. Mais de 180 gestantes já tinham sido cadastradas até o início das atividades e ainda estavam sendo preenchidas algumas fichas a mais. O mutirão atendeu moradoras de Aparecida que estão a partir da 13ª semana de gestação.

Cadastros das gestantes feitos de forma rápida e sem necessidade de encaminhamento

Iniciativa positiva para mães e filhos

O secretário de Saúde Alessandro Magalhães ressaltou que esses exames em 5D “permitem imagens detalhadas e precisas para que os médicos identifiquem, mais cedo, possíveis síndromes, malformações ou outras alterações no desenvolvimento do bebê. E tudo público, gratuito, de alta qualidade e sem necessidade de agendamento prévio nem de encaminhamento. É uma iniciativa muito positiva para mães e filhos. ”

O superintendente de Atenção à Saúde, Gustavo Assunção, reforçou que o exame morfológico “permite ver outras dimensões e tem mais profundidade, sendo possível ver até a tonalidade da pele do bebê. E, sobretudo, detectando precocemente possíveis doenças, o pré-natal e a gestação serão mais tranquilos e seguros.”

O superintendente de Atenção à Saúde de Aparecida, Gustavo Assunção, ressalta a importância da parceria com a Clínica Movel e os benefícios da ação

Já George Morais, médico proprietário da Clínica Móvel e que faz pessoalmente todos os exames, elogiou a parceria com a Prefeitura: “Quero deixar meu reconhecimento e gratidão ao prefeito Vilmar Mariano pela oportunidade de poder fazer o que estamos realizando aqui, atendendo a quem precisa com exames de qualidade. O povo de Aparecida é humilde e carismático e nos recebe de portas abertas. É uma comunidade muito querida.” George estava acompanhado no evento pela esposa, a deputada federal Flávia Morais.

Alegria das mães

Lorena Ferreira da Costa , 29 anos, moradora do Jardim Veneza, chegou às 5h30 para garantir uma das primeiras senhas. Grávida do quarto filho, Miguel, ela estava animada para ver as imagens do bebê no exame e comemorou o mutirão:”É uma experiência muito boa para nós, principalmente para quem não tem como pagar por esse ultrassom, que é caro. Vou poder ver meu menininho direitinho. Eu pesquisei no Instagram do dr. George as imagens que ele já fez em outras pessoas e é tudo muito lindo.”

Imagem em 5D gerada durante o exame

Mais ansiosa ainda estava Tânia Cristina, 38 anos, moradora do Parque das Nações, que já tem a filha Nicole, de 8 anos, e estava na expectativa de descobrir o sexo do segundo filho na ultrassonografia 5D. Inquieta e sorridente, ela agradeceu pelo mutirão: “Para quem não está em boa condição financeira ajuda demais ter esse ultrassom. É perfeito. Estou muito emocionada, vou ver o rostinho do meu bebê e saber o sexo.”

Trabalho em parceria

O cadastramento das gestantes foi feito pelas profissionais da Superintendência de Atenção à Saúde da SMS, Marilya Reis, Clenia Maria de Araújo e Thatyane Mendanha, em apoio à equipe da Clínica George Morais, que tinha inúmeros colaboradores e duas profissionais no ônibus auxiliando nos exames, Larissa Vieira e Andressa Margarida.

Estrutura organizada para acomodar dezenas de grávidas e seus acompanhantes

No local do mutirão a SMS montou uma tenda com cadeiras para as pacientes e seus acompanhantes aguardarem o exame, proporcionando mais conforto e comodidade a todos.