Prefeitura faz roçagem de lotes baldios e áreas públicas de Aparecida

Da Redação
31/12/2021 - 18:40
  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Linkedin
  • Compartilhe no Telegram
  • Compartilhe no WhatsApp

Prefeitura faz roçagem de lotes baldios e áreas públicas de Aparecida

Trabalho de roçagem é realizado duas vezes ao ano e todos os bairros do município recebem a frente de serviço, segundo Secretaria de Desenvolvimento Urbano

A Secretaria de Desenvolvimento Urbano de Aparecida de Goiânia (SDU) intensifica a partir dessa semana o serviço de roçagem no município. O objetivo da força-tarefa é manter a limpeza da cidade, já que a rebrota do capim, em lotes baldios particulares e áreas públicas, é mais comum durante o período chuvoso. Também está sendo realizada a roçagem das ilhas, canteiros de avenidas e praças públicas.

O secretário de Desenvolvimento Urbano, Max Menezes, garante que no prazo de 100 dias o serviço de roçagem vai contemplar todos os bairros de Aparecida. “Todo final e início de ano nós intensificamos o trabalho de roçagem para que nossa cidade fique mais limpa, proporcionando mais segurança, saúde e dignidade para a população. Com isso reduzimos os problemas que o mato alto causa”, sublinhou o secretário.

Nessa semana as máquinas roçadeiras estão trabalhando em diferentes regiões da cidade, como setor Aeroporto Sul, Bairro Cardoso, Jardim Maria Inês, setor Central, Vila Santa, Vila Nossa Senhora de Lourdes, dentre outros. Segundo Max, o serviço é realizado duas vezes ao ano, conforme cronograma do órgão.

“As equipes seguem um cronograma e os resultados vão desde limpeza urbana da cidade a diminuição dos transtornos causados pelo mato alto. Nenhum bairro da nossa cidade ficará sem receber a roçagem. Entendemos que esse é um serviço essencial que melhora a vida das pessoas e dá maior sensação de segurança”, sublinhou Max.

Ele acrescenta que a limpeza de vazios urbanos particulares é de responsabilidade do proprietário. “A limpeza do terreno particular não edificado é responsabilidade do proprietário. Contudo, a prefeitura realiza este serviço para poder minimizar os problemas para os moradores vizinhos a esses locais e o trabalho é cobrado no diretamente no Imposto Territorial Urbano (ITU)”, destacou ele pontuando que é importante o proprietário manter a limpeza de seus lotes.

A professora Rosângela Moura mora no setor Aeroporto Sul e comemora a chegada da roçagem no bairro. “O mato alto causa diversos transtornos. A gente passa a lidar com a pior sensação de insegurança, pois bandidos podem se esconder dentro do mato e também há os insetos e outros animais vários tipos. Então, a roçagem veio num momento certo, em que a gente estava precisando mesmo. É sinal que a prefeitura está atendendo as nossas demandas e cuidando da cidade”.