Rebeca ganha dois ouros, antes de estrear na Olimpíada de Paris

Jade Barbosa, por sua vez, foi campeã do solo ao som de "Baby One More Time",

Da Redação
23/06/2024 - 06:08
  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Linkedin
  • Compartilhe no Telegram
  • Compartilhe no WhatsApp

Rebeca ganha dois ouros, antes de estrear na Olimpíada de Paris

A ginasta Rebeca Andrade ganhou duas medalhas de ouro no último torneio antes das Olimpíadas em Paris, que ocorre entre 26 de julho e 11 de agosto deste ano, na França. O campeonato Troféu Brasil de Ginástica Artística, ocorreu na Arena Carioca 1, no Rio de Janeiro, na manhã deste domingo (23).

Nas barras assimétricas, Andrade venceu com 14,633 pontos. Em segundo lugar, ficou Jade Barbosa (Flamengo), com 13,200, e em terceiro, Carolyne Pedro (Cegin), com uma pontuação de 12,933.

Andrade também ganhou o título da trave com 13,633 pontos, mesmo com uma queda. Vice-campeã mundial das barras em 2021, ela não competiu o solo e salto, os exercícios com mais impacto, para preservar os joelhos. Na trave, Júlia Soares (Cegin – 13,333) ficou em segundo lugar, e Gabriela Barbosa (Pinheiros – 12,700), em terceiro.

Jade Barbosa, por sua vez, foi campeã do solo ao som de “Baby One More Time”, da cantora pop estadunidense Britney Spears. Ela competiu com a ginasta Júlia Soares, que caiu na acrobacia e ficou fora do pódio, com 12,500 pontos.

Confira todos os resultados:

Solo masculino
1 – Vitaly Guimarães (Minas) – 14,250
2 – Luis Porto (Grêmio Náutico União) – 13,750
3 – Felipe Bono (Agith/São Caetano do Sul) – 13,350

Salto feminino
1 – Larissa Machado (Flamengo) – 12,817
2 – Nicole Campos (Flamengo) – 12,700
3 – Beatriz Lima (Pinheiros) – 12,467

Cavalo com alças masculino
1 – Diogo Soares (Flamengo) – 13,300
2 – Vitaly Guimarães (Minas) – 13,150
3 – Murilo Pontedura (Agith/São Caetano do Sul) – 13,100

Barras assimétricas femininas
1 – Rebeca Andrade (Flamengo) – 14,633
2 – Jade Barbosa (Flamengo) – 13,200
3 – Carolyne Pedro (Cegin) – 12,933

Argolas masculinas
1 – Yuri Guimarães (Agith/São Caetano do Sul) – 13,200
2 – Leonardo Souza (Pinheiros) – 13,100
3 – João Perdigão (Pinheiros) – 13,100

Salto masculino
1 – Yuri Guimarães (Agith/São Caetano do Sul) – 14,600
2 – Luis Porto (Grêmio Náutico União) – 13,950
3 – Juliano Oliva (Grêmio Náutico União) – 13,675

Trave feminina
1 – Rebeca Andrade (Flamengo) – 13,633
2 – Júlia Soares (Cegin) – 13,333
3 – Gabriela Barbosa (Pinheiros) – 12,700

Barras paralelas masculinas
1 – Bernardo Miranda (Minas) – 14,000
2 – Lucas Bitencourt (Minas) – 13,950
3 – Yuri Guimarães (Agith/São Caetano do Sul) – 13,200

Solo feminino
1 – Jade Barbosa (Flamengo) – 13,333
2 – Hellen Silva (Flamengo) – 13,133
3 – Carolyne Pedro (Cegin) – 13,100

Fonte: BdF