”Vamos asfaltar todas ruas habitadas em Aparecida com financiamento do Brics”, garante o prefeito Vilmar Mariano

Recurso também será aplicado na construção de pontes, bueiros, viadutos, escolas, parques e CMEIs

Da Redação
23/02/2024 - 08:16
  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Linkedin
  • Compartilhe no Telegram
  • Compartilhe no WhatsApp

”Vamos asfaltar todas ruas habitadas em Aparecida com financiamento do Brics”, garante o prefeito Vilmar Mariano

Recurso também será aplicado na construção de pontes, bueiros, viadutos, escolas, parques e CMEIs

Nesta semana, missão do Novo Banco de Desenvolvimento – também conhecido como Banco de Desenvolvimento do BRICS, visitou bairros em Aparecida de Goiânia, que serão beneficiados com obras financiadas através da instituição financeira.

Ao longo de três dias, a missão conheceu locais onde serão construídos parques, viadutos, escolas, CMEIs e ainda os bairros que serão pavimentados com o recurso. Ao todo, o financiamento prevê investimento de US$ 150 milhões, sendo US$ 30 milhões oriundos de contrapartida do Município. Cerca de 1 bilhão, conforme a cotação atual da moeda estrangeira, serão investidos em um dos maiores programas de infraestrutura no País.

Com o recurso, a Prefeitura de Aparecida vai universalizar a pavimentação asfáltica na cidade, beneficiando todas as ruas habitadas da cidade. Hoje, cerca de 21% das vias ainda não foram pavimentadas.

“Vamos avançar muito em infraestrutura e, sobretudo, na pavimentação de todas as ruas habitadas. O asfalto melhora muito a mobilidade, ajuda reduzir o número de doenças respiratórias causadas pela poeira e outras bactérias. O asfalto também potencializa a valorização dos imóveis e também eleva a autoestima da população”, enfatiza o prefeito Vilmar Mariano.

Os emissários do BRICS tiveram a oportunidade de compreender melhor a importância do financiamento para Aparecida. “As obras serão executadas em áreas com grande densidade demografia e com pequeno impacto ambiental. Mostramos que a cidade cresce de maneira acelerada e que o recurso será fundamental para melhorarmos a qualidade de vida dos mais de 600 mil habitantes”, explica o procurador-geral do Munícipio, Fábio Camargo.

Alexandre Takahashi, profissional sênior do Escritório Regional das Américas do NDB, pontuou que a importância da visita para a instituição financiadora. “Nos ajuda a compreender melhor a necessidade de cada intervenção. Estamos gostando muito do que estamos vendo e a prefeitura tem mostrado que se preparou bem para este momento. Avaliamos que a administração está preparada para que possamos assinar o contrato e começar as obras em seguida”.

Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Valéria Pettersen, reforçou que a gestão cumpre todos os requisitos para celebração do contrato e que os inspetores compreenderam a relevância da execução dos projetos.

“Toda documentação necessária está regularmente em dia. Nossos projetos estão avançados e muitos deles, inclusive, estão em fase de licitação. Por isso, logo que for assinado o contrato vamos dar Ordem de Serviço para várias obras. Essas obras são fundamentais para mobilidade urbana, educação, meio ambiente e outras áreas”, enfatizou.

Nesta quinta-feira, 22, os executivos do BRICS finalizaram um relatório sobre as visitas técnicas e discutiram os últimos detalhes sobre o financiamento. O encontro foi realizado na Cidade Administrativa Maguito Vilela.

A expectativa da gestão municipal é assinar contrato com o BRICS em um prazo de até dois meses. Em seguida, o prefeito Vilmar Mariano dará Ordem de Serviço ao primeiro pacote de obras previsto no financiamento. Parte dos projetos já estão em processo de licitação.

Vistoria

• Jardim Cristal (pavimentação e drenagem);

• Setor Serra Dourada III (construção de novo CMEI);

• Jardim Rosa do Sul (pavimentação, drenagem e construção de novo CMEI);

• Setor Retiro do Bosque (construção de viaduto em formato de ferradura sobre a BR-153);

• Setor Rosa dos Ventos (etapa complementar de pavimentação, construção de novo CMEI e de um bueiro celular);

• Jardim Bela Vista (construção de um viaduto sobre a BR-153, ligando à Vila Brasília)

• Jardim Maria Inês (construção de um parque ambienta onde funcionava a Estação de Tratamento de Esgoto);

• Setor Cidade Vera Cruz (construção de ponte na Avenida Casimiro de Abreu):

• Setor Garavelo (readequação do Parque Tamanduá).

BRICS

O Brics é um grupo de cooperação econômica formado pelos países emergentes com as melhores taxas de crescimento econômico em escala mundial. Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul são os atuais membros.